MADEIRA CONTROLADA

Institucional
MECANISMO PARA TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES DE MADEIRA CONTROLADA

» POLITICA DE COMPRA DE MADEIRAS
» Comprometimento total em seguir as normas estabelecidas pelo FSC-STD-40-005 (V2-1).
» Todas as evidencias devem ser analisadas num prazo máximo de 15 dias, contados a partir da data do recebimento da reclamação.
» Caso as evidências sejam consideradas relevantes a organização deve enviar um representante a empresa de origem das reclamações dentro de um período máximo de 60 dias.
» Pesquisar a causa e apontar as falhas que deram origem à reclamação.
» Definir os setores internos da empresa fornecedora responsáveis pela geração da reclamação.
» Apontar as melhorias necessárias para a readequação da organização fornecedora de madeira.
» Caso sejam encontradas não conformidades que possam prejudicar a categoria de madeira controlada FSC® a organização fornecedora deve ser imediatamente excluída do quadro de fornecedores de madeira controlada FSC®.
» Caso o fornecedor, por algum motivo, seja excluído do quadro de fornecedores de madeira controlada FSC® a organização somente poderá voltar a se enquadrar no quadro de fornecedores de madeira controlada quando comprovar que cumpriu com todas as exigências relacionadas a madeira controlada FSC®
» As reclamações bem como todo o processo de investigação e resolução devem ser registrados e arquivados em pasta própria.
» Deve ser realizada uma analise crítica apontando os desvios de conduta da empresa fornecedora e enviado a mesma para que ela possa cumprir com as exigências da madeira Controlada FSC®.
O responsável pelo Tratamento das Reclamações é o Vice-Presidente da Empresa.

João Albino kuhn
Vice presidente
Palmasola, 12 de Fevereiro de 2012

Pinheiro
Cartão BNDES
SAC +55 49 3652.3000

Palmasola S/A 2014 ® Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento:

CEICOM